Canvas Logo

Reconstrução Mamária

Além da função de amamentação, as mamas constituem um símbolo de feminilidade, sendo fundamental na identidade psicológica, na auto-imagem, na sexualidade e na auto-estima feminina. A cirurgia de reconstrução de mama tem grande importância na melhoria da qualidade de vida das pacientes que passaram por uma mastectomia.

A reconstrução mamária tem como objetivo a restauração da aparência, forma, e tamanho da mama. Normalmente, são necessários diversos procedimentos em diferentes estágios, podendo ser realizada no mesmo tempo da retirada da mama ou adiada até a paciente se recuperar ou terminar o tratamento do câncer de mama.

Embora a cirurgia possa obter uma mama relativamente natural, a mama reconstruída nunca será igual àquela que foi removida, e a sensibilidade também não será a mesma.

Diversas técnicas podem ser utilizadas para a reconstrução mamária, tais como: retalhos musculares, gordura e pele próprios da paciente para criar ou recobrir o local em que foi retirada a mama, uso de expansores teciduais para posterior uso de uma prótese de silicone, ou cirurgia de colocação do implante mamário junto à mastectomia. A escolha da técnica mais adequada para cada caso cabe ao cirurgião plástico, que explicará os detalhes à paciente em consulta.

Os procedimentos são realizados normalmente com anestesia geral ou peridural com sedação, sempre em ambiente hospitalar. O tempo cirúrgico depende da técnica escolhida para a reconstrução e se será feito o procedimento em uma ou nas duas mamas.

Previamente à cirurgia, pode ser necessário:

  • Fazer exames laboratoriais, ultrassom de mamas e realização de risco cirúrgico.
  • Tomar certos medicamentos ou ajustar seus medicamentos atuais,
  • Parar de fumar bem antes da cirurgia,
  • Evitar tomar aspirinas, antiinflamatórios e medicamentos naturais, pois podem aumentar o sangramento.

Pós-operatório

Após a o procedimento é necessário a utilização de um sutiã compressivo e manter um período de repouso, evitando elevar os braços e fazer força por no mínimo 15 dias. É normal sentir dor leve e o surgimento de inchaço e hematomas por algumas semanas. Exercícios físicos leves serão liberados gradativamente após 3 a 4 semanas da cirurgia, dependendo de cada caso.

Resultados:

O resultado final da reconstrução mamária minimiza o impacto físico e emocional da retirada da mama. Com o tempo, alguma sensibilidade pode voltar, e as cicatrizes melhoraram muito, embora nunca desapareçam por completo. Pode haver algumas limitações, mas a maioria das pacientes as considera irrisórias em comparação com a melhoria da qualidade de vida após a cirurgia. Cuidados constantes com a saúde da mama através do autoexame e mamografia de rotina são imprescindíveis para a saúde a longo prazo.

Gostou? Compartilhe este conteúdo

Depoimentos de pacientes

Diretamente do Facebook

Passei por vários cirurgiões em Araçatuba-Sp e aqui em Campo Grande -Ms, e escolhi o Dr. Gabriel, que me passou confianç...

Publicado por Bruna Aranha em Quarta-feira, 8 de novembro de 2017

O Dr Gabriel Rahal é um cirurgião plástico comprometido, atencioso e muito competente! Um excelente...

Publicado por Greyce Danielle Nomerg em Terça-feira, 7 de novembro de 2017

Dr.Gabriel Rahal,meu ex-aluno,que maravilha termos mais um Profissional com o seu gabarito, seu empenho e dedicação aos procedimentos da cirurgia Plástica, Sucesso!

Publicado por Lilhan Novaes em Segunda, 4 de maio de 2015

Muito atencioso, cuidadoso e ótimo cirurgião! Transmitiu muita calma e confiança antes, durante e depois da cirurgia! Super indico.

Publicado por Maria Ester Reverdito em Terça-feira, 28 de novembro de 2017

Médico muito atencioso, sério, comprometido tanto no pré como no pós cirúrgico, o resultado ficou super natural, só recebi elogios, super recomendo.

Publicado por Francielli Gelatti Bortoly Carvalho em Terça-feira, 28 de novembro de 2017

Curta aqui

Siga-nos nas redes sociais

Conheça outros procedimentos da mama:

Mamoplastia de Aumento Prótese de Silicone

A cirurgia de implante mamário de silicone, ou mamoplastia de aumento, tem como objetivo aumentar o tamanho das mamas e é indicada para pacientes que têm mamas naturalmente pequenas (por condição hereditária), pacientes que possuem mamas que perderam volume após emagrecimento, gestações ou amamentação, e também para corrigir assimetrias entre as mamas.

Mamoplastia Redutora

A mamoplastia redutora, também conhecida como cirurgia para redução de mama, tem o objetivo de remover o excesso de gordura, glândula e pele para atingir um tamanho de mama proporcional ao seu corpo e aliviar o desconforto causado por seios grandes.

Mastopexia Lifting de Mama

Também conhecida como lifting de mamas, a mastopexia tem como objetivo reverter o caimento natural dos seios (ptose mamária), reposicionar a aréola e a pele com flacidez, elevando as mamas até sua posição original e promovendo sua simetria.

Ginecomastia

Ginecomastia é o aumento das mamas nos homens que pode acontecer em todas as idades, devido a: mudanças hormonais, hereditariedade, doenças, uso de determinados medicamentos, uso de anabolizantes, excesso de gordura localizada ou excesso de desenvolvimento do tecido glandular.

Nossos canais de comunicação

Ligamos para Você

Informe seu número

Atendimento via chat