Canvas Logo

Por Dr. Gabriel Rahal

6 de novembro de 2017

2 min. de leitura

Cirurgia Plástica, atividade física e bem-estar

Nada melhor do que se olhar no espelho após uma cirurgia plástica e se sentir bem. Finalmente vestir as roupas que antes não serviam e sentir satisfação e orgulho do próprio corpo.

Porém, como todos sabem, todos os direitos estão associados a alguns deveres, e quem passa a desfrutar desses pequenos prazeres depois de um procedimento cirúrgico deve se dedicar para manter os resultados obtidos.

Por isso, praticar atividades físicas é essencial para estar com a saúde em dia e manter o corpo em forma. Mas, para quem optou por algum procedimento cirúrgico para dar aquela “turbinada” no visual, as recomendações vêm com alguns cuidados especiais.

A cirurgia plástica deve integrar um plano de bem-estar, no qual a combinação entre uma alimentação equilibrada e a prática de exercícios físicos regulares contribui para o bom resultado, pois uma vez que se fortalecem os músculos, os efeitos da região submetida à cirurgia são intensificados, prevenindo a flacidez muscular e diminuindo o inchaço, além de queimar calorias.

É importante lembrar que mesmo que você tenha passado por uma cirurgia que remove as células do tecido adiposo, como a lipoaspiração, a ingestão excessiva de alimentos gordurosos é suficiente para adicionar alguns quilinhos.

Além disso, como se não bastasse controlar os desejos alimentares do corpo, é preciso treiná-lo. A prática de exercícios físicos é fundamental para evitar a formação de gordura e manter a saúde do organismo.

Entretanto, durante o pós-operatório é preciso respeitar o período de repouso indicado pelo médico cirurgião plástico, de forma que os exercícios não interfiram negativamente nos resultados. Assim, evita-se o rompimento de pontos, deslocamento de próteses, sangramentos e até mesmo a necessidade de uma nova intervenção.

Após a retirada dos pontos, que costuma ocorrer entre uma e duas semanas, o paciente pode dar início a atividades físicas leves, como fazer caminhadas. A volta à musculação ou práticas esportivas deve ser feita gradualmente, sempre seguindo a recomendação médica e segundo a supervisão de um profissional de educação física.

Adotar uma rotina de atividades físicas pode ser um desafio para quem nunca teve esse hábito e, por isso, a manutenção da saúde e beleza devem ser os principais estímulos. Quem já praticava exercícios físicos antes da cirurgia deve prestar atenção para a intensidade de cada atividade, respeitando sempre a recuperação do organismo.

Por fim, lembre-se que a prática de atividades físicas somente poderá potencializar o resultado de uma cirurgia plástica, caso as orientações do seu médico sejam respeitadas. É muito importante ficar atento aos prazos estabelecidos para não comprometer o procedimento e retornar à rotina de exercícios “antes da hora”.

Nossos canais de comunicação

Ligamos para Você

Informe seu número

Atendimento via chat

2018

Copyright © Dr. Gabriel Rahal

Logo conselho federal de medicina - Campo grande/MS Cirurgia Plástica
Creditos //